O grupo parlamentar do PS está a estudar vários instrumentos de apoio à subida das rendas habitacionais, em virtude do aumento da inflação. Não haverá um travão geral às rendas, mas apoios direcionados às famílias com mais dificuldades.

“Achamos que têm de existir medidas de âmbito nacional, mas que vão ao encontro da situação das famílias, muito focadas nas famílias que tenham dificuldades e que por isso são as que sentirão mais os efeitos da inflação”, explica o deputado Carlos Pereira ao Jornal de Negócios, lembrando que este tem sido também “o posicionamento do Governo”.

O deputado socialista adianta ao jornal que estão a trabalhar com “vários modelos de intervenção”, e não exclui que as opções possam incluir intervenções ao nível autárquico. A versão final da proposta “não está fechada”, mas será conhecida “dentro de dias”, de acordo com o responsável.

As casas para arrendar continuam a ficar cada vez mais caras no país. É isso mesmo que confirma o Instituto Nacional de Estatística (INE) no boletim publicado esta terça-feira, dia 12 de julho de 2022: as rendas das casas por metro quadrado subiram 2,7% em junho, mais 0,1 pontos percentuais que em maio.

Todas as regiões apresentaram variações homólogas positivas das rendas de habitação, tendo o Algarve e Lisboa registado os “aumentos mais intensos” – de 2,9% cada, segundo o gabinete de estatísticas.


https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2022/07/13/53129-ps-esta-a-estudar-medidas-de-apoio-a-subida-das-rendas